sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

De Freemantle até Hobart

Hoje faz exatamente um mês que saí do Brasil para embarcar no navio Steve Irwin. É incrível como o tempo passa rápido, e quantas coisas aconteceram nesses poucos dias.

Minha jornada começou em Fremantle, na costa oeste da Austrália, onde o Steve Irwin e o Gojira estavam atracados. Lá instalamos um novo sistema de comunicação via satélite no Steve Irwin, no formato de uma “bola” gigante que foi soldada ao hangar do navio. Um luxo para quem conheceu os navios da Sea Shepherd de alguns anos atrás, quando nossos sistemas de comunicação eram quase tão avançados quanto sinais de fumaça. Quem diria, agora posso blogar e twittar do meio dos mares-do-sul…

Em Fremantle também ocorreu uma grande transformação. O nosso barco novo, originalmente um iatezinho branco sem graca, se tornou Gojira, o novo interceptador da Sea Shepherd. Recebeu dois motores novos e foi, obviamente, pintado de preto.

Um pouco antes de iniciarmos nosso trânsito de Freemantle para Hobart recebemos um reforço especial da atriz Michelle Rodriguez, estrela do filme Avatar. Ela, que infelizmente não pode nos acompanhar nessa atual campanha na Antártida por estar envolvida em uma filmagem, fez a travessia Freemantle-Hobart conosco. Ela está se preparando para voluntariar em alguma das próximas campanhas.

Durante a travessia treinamos Michelle como piloto do Delta. Ela pegou no batente com a tripulação, sujou as mãos, lavou louça, e até subiu no mastro para limpar as manchas da guerra de paintball que nós tivemos durante a travessia. Meus profundos respeitos à Michelle.

A viagem de Fremantle a Hobart, no sul da Tasmania, durou 7 dias. Em Hobart atracamos logo atrás do Bob Barker, o outro navio de nossa esquadra. A imagem dos dois navios juntos provocaram uma sensação de potência que eu jamais tinha sentido antes em minha carreira na Sea Shepherd. O cais de Hobart era dominado pelo vulto dos dois navios negros, que apesar de nem serem tão grandes assim, pareciam gigantes um ao lado do outro. O Steve Irwin e o Bob Barker juntos impõem muito respeito.

Ficamos 10 dias em Hobart, até nos separarmos novamente. Nós do Steve Irwin iniciamos oficialmente a campanha No Compromise, enquanto que o Bob Barker ficou mais uns 10 dias ancorado ao redor de Hobart. Partimos para atravessar o mar da Tasmânia em direção a Wellington, capital da Nova Zelândia.

Na nossa despedida, que foi o marco oficial do inicio da operação No Compromise, tivemos uma coletiva de imprensa do Capitão Paul Watson com a participação do senador Bob Brown, chefe do Partido Verde da Austrália e um dos poucos políticos dos quais posso dizer que tive a honra de apertar a mão.Quem dera surgisse um Bob Brown tupiniquim…

4 comentários:

  1. Caro guerreiro! Avante! Conte com nossas energias positivas e nossos sinceros agradecimentos, pela coragem de estar onde está e fazendo o que cada um de nós gostaria de estar fazendo. Creio que cada um de nós está dando o seu melhor onde se sente mais capacitado. Importante é nossa meta..."0 kill"...para todos os animais. bjos

    ResponderExcluir
  2. Salvadores!!! Obrigado. Como Brasileiro me sinto honrado . Como marinheiro halieutico,
    Entusiasmado, pela bravura que voz tem demonstrado fico tentado em sonhar uma
    chance de combate a bordo do steve irwin.
    Como nao posso conto contigo e oro pelo tua gloria . A vante !!!

    ResponderExcluir
  3. Salvadores!!! Obrigado. Como Brasileiro me sinto honrado . Como marinheiro halieutico,
    Entusiasmado, pela bravura que voz tem demonstrado fico tentado em sonhar uma
    chance de combate a bordo do steve irwin.
    Como nao posso conto contigo e oro pelo tua gloria . A vante !!!

    ResponderExcluir
  4. Salvadores!!! Obrigado. Como Brasileiro me sinto honrado . Como marinheiro halieutico,
    Entusiasmado, pela bravura que voz tem demonstrado fico tentado em sonhar uma
    chance de combate a bordo do steve irwin.
    Como nao posso conto contigo e oro pelo tua gloria . A vante !!!

    ResponderExcluir